Aplausos silenciosos…

Acordar hoje e fazer exatamente as mesmas tarefas de todo o dia não poderia ter tornado meu aniversário mais especial. Acordei com uma agradável sensação de realização e plenitude. Sabe aquele vídeo que anda rodando por aí, de uma moça que pega uma garrafa pet no chão e joga no lixo e todos se levantam para bater palmas para ela e ela fica olhando surpresa, como quem diz: “palmas por fazer alguma coisa por prazer e não por dever?”? Pois é, me senti o dia inteiro como essa moça. Como se o mundo se levantasse e batesse palmas pra mim também. Aos 43 anos acredito que fiz alguma coisa da minha vida. Acredito que fiz do outro alguma coisa na minha vida. Sinto que fiz e faço a diferença neste mundo todos os dias. Uma boa sensação de quem acredita na construção e na trajetória que fez até agora. E é claro, tem Davi. O maior presente que o universo poderia ter me dado. Se não bastasse tudo isso, recebi muitos abraços gostosos e votos de todo o tipo dos meus amados: amigos e família. A todos e a tudo: MUITO OBRIGADA!

Tags:

8 Respostas to “Aplausos silenciosos…”

  1. Maria Ignês Says:

    Minha querida, foi muito bom falar com você. Acordei pensando: esse ano não vou mandar e-mail de felicidades para Carol, vou me dar um pouco de felicidade também e vou telefonar. Foi muito bom ouvir sua voz. Depois fiquei pensando em nossa amizade, das coisas que fizemos, que pensamos e dissemos e que vivemos juntas. Foram momentos muito especiais minha amiga. E agora sentindo você tão feliz fico muito feliz também. Sinto muitas saudades de nós. Beijos, amo você. e Aplausos! Você merece.

    • Carol Says:

      Ouvir sua voz foi muito bom amiga. Tive um dia de bençãos com os meus amigos e família. Também amo muito você e acredito que logo poderei ir te encontrar para passarmos uns dias felizes. Beijos,

  2. Silvia Says:

    Carolzinha,
    A sua felicidade é um presente para nós, que te amamos, mesmo de longe….e você ouviu aplausos verdadeiros…nossas almas aplaudem pelas suas palavras, sua sensibilidade, seu crescimento e, é claro, pelo Davi também! Afinal, essa receita de Carol sábia com Davi iluminado e fofo deixa uma sensação de plenitude ao contemplar a sua família! Beijos com amor
    Silvinha

    • Carol Says:

      Silvinha,
      Palavras lindas…Eu é que agradeço a oportunidade de ter encontrado pessoas como você, que compartilharam do meu sonho e me ajudaram a realizá-la. Como diz a música da Bio: “Um sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só. Mas sonho que se sonha junto é realidade”. Beijos,

  3. vera graça Says:

    Carol, você merece toda essa felicidade e tenho que dizer, ela contagia positivamente quem está próximo de você. E acredite, apesar de não estar no dia de hoje presencialmente para te dar um abraço, sinto como se assim o estivesse. Espero que você sinta o calor (falo também em nome do Edécio) desse nosso carinho, que é muito grande.
    Beijos a você e ao Davi
    Vera e Edécio

    • Carol Says:

      Vera e Edécio,
      Vocês formam uma dupla excepcional e eu recebi o”presente” de compartilhar dessa amizade tão prazeirosa. Claro que senti o abraço de vocês, como sempre sinto, mesmo distante fisicamente, a forte presença de vocês. Tenho um sentimento profundo por vocês. Muito obrigada por isso… CArol.

  4. JOSE CARLOS VIEIRA Says:

    O nascimento de um ser é o evento mais significativo no concerto planetário e por isso é celebrado efusivamente por todas as tradições, tanto como acontecimento desafiador sob observação genética ou espiritual e mística. Sabe-se que os seres ainda não encarnados elegem local para nascerem e pais para os gerarem e isso foi comprovado pela ” gavalnoplastia espiritual ” de Omraam Aivanhov. Assim é imperioso celebrar a data de nascimento, das mais variadas formas, até mesmo solitariamente quando atingimos nível de compreensão capaz de interagir com a “chama de uma vela ” como ensinou Gaston Bachelard. Mas também de forma entusiasmante compartilhar com as pessoas que nos cercam com admiração e carinho. Sentir-se plenificada e “aplaudida” por ter cumprido até aqui jornada desafiadora , vencendo os percalços que se interpuseram ao longo da estrada e revelando auto-estima ao rever sentimentos depreciativos não condizentes com quem ascende de forma muito bela nesse caminhar, não obstante transite entre luz e sombra, como é insuperável, de vez que essas duas polaridades, são consonantes com o sistema binário que envolve a vida. Contudo, quando despertos temos a percepção para abrir
    ” as janelas da alma ” e assim, deixá-la inundar-se pela luz. Portanto, sua ” encarnação peregrina ” seguirá a bússola que, como se postulou alhures, a encaminhará rumo à unidade ” contem pladora do amor ” em sua acepção mais sublime. Estamos todos continuamente em celebração pela sua vinda ao mundo priviligiando-nos com sua presença e ” até que nos vejamos novamente os deuses a segurem nas palmas das mãos “

    • Carol Says:

      Querido Zé,
      Lindas e poéticas palavras. Agradeço muito o apoio e amizade sempre presentes. Até que nos vejamos novamente, que os deuses também o segurem na palma da mão. Beijos,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: